Escolha uma Página

Você sabe como fazer SEO (Search Engine Otimization) em seu site? Essa palavra se refere a técnicas de otimização de conteúdo para os motores de busca como o Google.

Com elas, suas páginas serão mais facilmente entendidas pelos mecanismos — e isso assegurará que você está produzindo conteúdo relevante e de qualidade para os usuários.

As pesquisas do site 2B-On mostram que 81% do tráfego médio é proveniente dos sistemas de pesquisa. Sendo assim, entender a forma com que eles atuam é fundamental para que você possa obter mais visitas.

No post de hoje, mostraremos 4 passos importantes para você fazer um bom trabalho de SEO em seu site. Pronto para melhorar sua classificação no Google? Boa leitura!

1. URLs amigáveis

URLs amigáveis são endereços em que qualquer pessoa (e os mecanismos de busca) podem entender rapidamente qual é o assunto do link. Um exemplo disso é: www.meunegocio.com.br/aumente-suas-vendas. Nesse caso, o internauta entenderá que o assunto principal da sua página é sobre como aumentar as vendas de seu negócio.

Por outro lado, sites não otimizados podem ser visualizados como: www.meunegocio.com.br/post.php?id=1234. Aqui, é possível saber sobre o que seu conteúdo trata? Da mesma forma que seria difícil para o usuário descobrir, os motores de busca também teriam dificuldades. Por isso, faça com que as URLs de seu site sejam amigáveis e interessantes.

2. Imagens descritas

Os motores de busca estão interessados em proporcionar uma experiência de navegação adequada a todos os usuários, inclusive aqueles que tenham alguma deficiência de visão. Nesse sentido, as páginas podem ajudar programas de acessibilidade a descrever qual é o conteúdo presente em determinada imagem.

Além disso, as descrições são mais uma forma de os sistemas entenderem seus materiais e classificá-los de maneira mais eficaz. Por fim, com essa técnica, suas ilustrações e fotos poderão ser encontradas no diretório de imagens dos buscadores, o que significa mais uma fonte de tráfego.

3. Subtítulos formatados

Embora a formatação dos subtítulos não seja uma técnica com grande impacto na sua classificação, ela auxilia seus usuários a entenderem melhor o conteúdo produzido, aumentando a escaneabilidade do seu texto.

Por isso, sempre formate seu conteúdo com as tags HTML <H1>, <H2> e <H3>. Use H1 para o título da página, H2 para os intertítulos e H3 para seções que estiverem dentro do H2. Dessa forma, será mais fácil para seu visitante entender a ordem do seu texto e navegar com facilidade por ele.

4. Conteúdo de qualidade

Por fim, devemos registrar que nenhuma técnica será eficaz caso seu conteúdo tenha qualidade duvidosa. Sendo assim, a melhor ação que você pode tomar é saber o que seus clientes potenciais necessitam e produzir materiais completos sobre o assunto.

Para isso, estude a fundo sua persona (descrição semifictícia do seu público), tente saber quais os medos e desejos de seus clientes, além da forma com que desejam ser tratados.

É importante lembrar que o conteúdo deve ser sempre atualizado para gerar credibilidade nos leitores, uma vez que informações desatualizadas não geram uma boa imagem da empresa com o público. Dessa forma, será mais simples atrair pessoas para suas publicações.

Embora todas as ações acima pareçam fácil de serem realizadas, é necessário criar uma estratégia de marketing digital que possa guiá-lo em todo o processo de divulgação da sua marca.

As agências podem ajudá-lo a atingir seus objetivos mais rápido e de maneira otimizada. Eles possuem conhecimento para otimizar seu conteúdo e auxiliá-lo a pensar suas práticas na internet.

Aprendeu como fazer SEO? Você quer receber mais dicas para divulgar sua marca online? Então curta nossa página no Facebook e receba dicas quentes em primeira mão. Esperamos por você!

%d blogueiros gostam disto: