Escolha uma Página

Existem diversos motivos para você iniciar suas ações de marketing. Alguns exemplos são: tornar a sua marca conhecida, fidelizar os clientes, aumentar o retorno sobre o investimento, entre outros. Uma das principais metas das empresas é converter leads para expandir a cartela de clientes. No entanto, muitos ficam em dúvida de como fazer isso.

Primeiramente, é necessário deixar claro que, apesar de algumas ações gerarem resultados mais rápidos, só é possível gerar e converter leads com um trabalho robusto, planejado desde a raiz. Se alguma das fases no planejamento falhar, o impacto será sentido no resultado final.

Quer saber o que é conversão de leads e quais são as melhores práticas para convertê-los? Continue lendo e confira!

O que é conversão de leads?

Os leads são aqueles usuários que já tiveram contato com a sua marca e demonstraram algum tipo de interesse. Geralmente, eles conhecem o site/blog da sua empresa, consomem conteúdos e fornecem os dados para receber algum material em troca, como e-books, newsletters e ferramentas.

Após transformar os visitantes em leads, é preciso convertê-los em clientes. Sendo assim, você deve preparar o terreno para que isso ocorra. Os consumidores passam por alguns estágios antes de realizarem uma compra, então é importante levar isso em consideração.

Para conduzir os usuários até o estágio final é criado um funil de vendas. No topo, estão os visitantes que entram no seu blog para saber de determinado assunto, geralmente levados até eles por canais como mecanismos de buscas ou redes sociais. O meio do funil é composto por aqueles que descobriram uma necessidade depois de consumir seus conteúdos e estão em busca de uma solução.

Por fim, no fundo do funil, concentram-se os potenciais clientes que conhecem suas soluções e estão considerando fechar negócio com você. É nessa fase que ocorre a conversão de leads.

Como converter leads?

 

1. Produza conteúdos relevantes

Só é possível que o usuário chegue a se tornar um lead qualificado se os seus conteúdos forem relevantes. Imagine, por exemplo, se alguém chega ao seu blog após pesquisar por determinado termo no Google, começa a ler um artigo e desiste no meio do caminho. Ou seja, ele nem chegou perto de se tornar um lead.

Se você produz conteúdos que resolvam os problemas dos visitantes e os eduquem sobre o seu mercado, eles chegarão até o estágio final. Logo, o setor comercial conseguirá trabalhar de maneira melhor.

2. Crie páginas de conversão

Muitas empresas disponibilizam seus produtos no site e, dessa forma, aumentam a conversão de leads. As páginas de conversão, também conhecidas como landing pages, são criadas para vender ou capturar os contatos dos visitantes.

Suponha que o usuário se convenceu sobre os seus serviços ou produtos e queira ter acesso imediatamente. Então ele clica nessa página, fornece os seus dados e finaliza a compra. Ou seja, ele passou por todos os estágios do funil e se tornou cliente sem que você precisasse abordá-lo.

3. Integre os setores de marketing e vendas

Para que o cliente chegue ao fundo do funil e não desista da compra, é preciso que os departamentos de marketing e vendas estejam alinhados. Portanto, todas as ações desenvolvidas devem ser de conhecimento de ambos os setores.

Quando os vendedores conhecem o perfil e interesse do potencial cliente, a probabilidade de fechar um acordo é maior, pois o atendimento será personalizado e pertinente. Da mesma forma, os profissionais de marketing podem criar ações eficazes ao receberem o feedback do time comercial.

Como você deve ter percebido, produzir conteúdos de acordo com as fases do funil, criar páginas persuasivas de vendas e integrar os departamentos de vendas e marketing, é fundamental para converter leads. Além do blog e e-mail para colocar em prática a sua estratégia de conversão, você pode explorar outros canais de comunicação, como as redes sociais.

Quer ficar atualizado sobre os nossos conteúdos? Curta a nossa página no Facebook!

%d blogueiros gostam disto: