Escolha uma Página

Embora algumas empresas achem que o momento do e-mail já passou, ainda é possível ter ótimos resultados com uma estratégia de e-mail marketing eficaz. Duvida?

No post de hoje, você verá como ter um diálogo relevante com seu público, quais as possibilidades que o e-mail proporciona para melhorar seus resultados e, principalmente, como começar a executar essa estratégia. Pronto para elaborar suas ações de e-mail marketing? Boa leitura!

Como fazer uma comunicação relevante?

Para que a comunicação da sua empresa seja relevante e interessante para seu público-alvo, você deve estar onde ele está. Imagine, por um momento, que você passe vários meses elaborando conteúdo útil e de qualidade para seu público, mas faça a publicação dos materiais em um canal que ele não costuma acessar. Você terá seus objetivos atingidos? Certamente não!

Por isso, é importante que sua empresa esteja nos canais que seu público mais frequenta. Entre outras, o e-mail é uma das ferramentas, ainda hoje, mais usadas. Para você ter uma ideia, de acordo com a Pew Internet, 92% dos adultos têm uma conta de e-mail e 61% desses acessam sua caixa de entrada diariamente.

Isso significa que há muito espaço para que seu negócio cresça usando uma estratégia de e-mail marketing. Quer ver como? Continue a leitura!

Como elaborar sua estratégia?

Defina seus objetivos

Como em qualquer outra ação, você deve definir seus objetivos. Dessa maneira, você saberá quais rumos quer seguir e poderá definir, com exatidão, quais as ferramentas mais adequadas para atingir o que deseja.

Um problema comum é começar a usar técnicas de marketing digital sem essas definições, levando a campanhas malfeitas e resultados pobres em médio e longo prazos.

Segmente seu público

Todo o processo de envio de e-mails tem um custo para sua empresa. Por isso, é importante fazer com que apenas as pessoas que estejam interessadas nos produtos ou serviços da sua empresa recebam o material preparado.

Além disso, a segmentação é útil para que você atinja em cheio seu público. Quando o público-alvo é definido e você aborda seus desejos, medos e dificuldades, os usuários se sentirão mais especiais e entenderão que seus conteúdos respondem às suas perguntas mais inquietantes.

Desperte a curiosidade deles

Ainda que suas mensagens devam ser personalizadas ao máximo, isso não é suficiente para transformar um lead (interessado em seus produtos e serviços) em um cliente. Você precisará despertar a curiosidade deles para verem, na prática, como você tem as soluções para seus problemas.

Assim, vale a pena usar toda a criatividade para aguçar o desejo dos seus clientes ideais em verem o funcionamento dos seus produtos e serviços mais de perto.

Dê destaque aos call-to-actions

Uma das formas que você tem para que os clientes cheguem aos objetivos traçados é dar destaque aos call-to-actions da sua mensagem. Call-to-actions, ou chamadas para ação, são links que fazem com que o internauta tome o próximo passo em direção à conversão.

Posicionar um pequeno link ao final de um longo email ou no corpo de um texto extenso não é uma boa ideia. Lembre-se que, se o objetivo de um email for levar o destinatário ao seu site ou à página de uma promoção, ele só valerá a pena se o seu cliente realmente clicar em algum link do email!

Cada público tem um comportamento diferente. O formato e a posição do call-to-action tem que levar em conta as particularidades do seu público e negócio.

O que é necessário para começar?

Embora seja fácil enviar e-mails para uma base de usuários, para que você tenha uma estratégia de e-mail marketing eficiente, é necessário planejar todos os detalhes. Comece compreendendo quem é seu público-alvo e quais são suas necessidades. Assim, seus resultados tenderão a permanecer firmes com o tempo, aumentando o lucro do seu negócio.

Qual a sua experiência com essa estratégia? Comente agora mesmo este post contando seus problemas e dificuldades para implementar o e-mail marketing. Esperamos seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: