Entenda melhor sobre esses truques que induzem a nossa mente

Neste artigo você vai ver:

  • A definição de gatilhos mentais
  • Como eles influenciam na tomada de decisões
  • Os principais gatilhos mentais

Gatilhos mentais… tá aí um termo que lembra algo avançado, um pouco hipnótico, talvez?

Mas calma! Gatilhos mentais estão mais em nosso cotidiano do que você possa imaginar.

Essa técnica serve para estimular o nosso cérebro a tomar decisões. Diante de centenas de ações que fazemos durante o dia, nossa mente costuma pegar “atalhos” para resolver grande parte delas, graças ao mecanismo de filtragem do nossos sistema nervoso.

É como se fizéssemos muuuito mais escolhas que a nossa mente pode suportar, e para isso, ela entra no “piloto automático” ao invés de avaliar criteriosamente cada uma dessas escolhas.

E é aí que entra os gatilhos mentais. No marketing, ele é fundamental para estimular o processo de tomada de decisão. Listamos alguns:

Escassez

Esse gatilho é um dos mais comuns, quem nunca leu um anúncio com as frases “Desconto para os primeiros 10 clientes”, “Os últimos dois produtos em estoque”, “Vagas limitadas”. Isso faz com que o consumidor sinta a necessidade de fechar a compra antes que a oportunidade acabe.

Urgência

Colocar um prazo limite no produto a ser oferecido, e usar termos como “Compre agora”, “Só hoje”, “Sua última chance”, são maneiras de despertar a sensação de urgência no consumidor.

Prova social

Somos constantemente influenciados por outras pessoas. Não é a toa que sites como “Reclame Aqui” fazem tanto sucesso. Para usar esse gatilho, você vai precisar de dados sobre o seu produto! Opiniões positivas, quantas pessoas já compraram… Isso traz confiança e notoriedade.

Reciprocidade

Ofereça coisas gratuitas ao seu público, como conteúdos para downloads e testes grátis. Isso fará com que a pessoa retribua futuramente, seja cadastrando o email no site ou comprando um de seus produtos.

Gostou dessas dicas? Assine nossa newsletter e fique por dentro dos nossos conteúdos.