Escolha uma Página

Você sabe identificar seus concorrentes diretos e indiretos? Conhecê-los é fundamental para avaliar quais devem ser os próximos passos da sua marca e continuar sendo competitivo no mercado.

No post de hoje, você entenderá a importância de analisar o seu mercado, e também mostramos como acompanhar seus concorrentes. Pronto para planejar melhor suas ações empresariais e aumentar as vendas? Então, continue com a gente!

Qual a importância da análise de mercado?

Como o mundo dos negócios é competitivo, as estratégias de Benchmarking são importantes para medir e comparar as operações das outras marcas, dentro ou fora do seu setor de atuação. O objetivo é entender como as práticas das outras empresas podem lhe ajudar a melhorar o desempenho da sua.

É importante fazer uma boa pesquisa de mercado, a fim de informar seus gestores quanto ao potencial do negócio, armadilhas e atalhos. Isso também acaba sendo útil na definição de estratégias para a sua empresa.

E mais ainda, sempre é bom ter uma visão macro do seu negócio, considerando todos os componentes do mercado em que você está inserido. Essas informações são relevantes no processo de inovação e, até mesmo, no de expansão.

O que são concorrentes diretos?

Um concorrente direto é aquele que tem em comum:

  • Os mesmos produtos que você vende

  • Faixa de preços parecida

  • Mesmo público-alvo

Vale lembrar que, para ser seu concorrente direto, não é necessário que a atuação dele seja em um PDV parecido com o seu.

Como acompanhá-los?

Para acompanhá-los, observe o que eles fazem de diferente:

  • No produto desenvolvido

  • No preço

  • Na ambientação do PDV

  • Na forma como se comunica com o mercado

Fique atento a movimentos dos concorrentes, e tente determinar quais de suas ações estão, na prática, gerando conversões (vendas) para a empresa.

O que são concorrentes indiretos?

Diferente do concorrente direto, o indireto normalmente não vende produtos parecidos com os seus. Mas mesmo assim, seu público-alvo é atingido pelas estratégias de concorrentes indiretos.

Para ficar mais claro, por exemplo, imagine que um restaurante de comida italiana pode receber clientes no local e também entregar massas e molhos em casa. Se um supermercado local vende boas opções de comida italiana congelada, os clientes podem optar pela economia de descongelar e cozinhar no fogão ou microondas. Nesse cenário, ainda que o supermercado tenha um tipo diferente de PDV, com outro catálogo de produtos, se ele possuir uma estratégia agressiva e diferenciada para atrair os consumidores, ele pode provocar uma substituição dos hábitos de compra do seu público, tornando-se assim um concorrente indireto.

Como acompanhá-los?

O acompanhamento de concorrentes indiretos exige grande atenção ao mercado e até à economia local como um todo. Você precisa se manter bem informado.

Observe também o hábito de consumo dos seus clientes. Reduções em seu ticket médio podem significar que existe uma movimentação diferente no mercado. Grandes variações podem ser um indicador de que seus produtos e serviços estão sendo substituídos. Descubra a origem do problema e tente corrigi-lo o mais rápido possível.

Agora você já sabe que observar seus concorrentes diretos e indiretos é útil para você traçar os próximos passos da sua marca, e para elaborar suas estratégias de marketing para vendas. Monitore-os com frequência!

Outra dica para desenvolver uma boa estratégia é conhecer sua persona. Você sabe o que é? Aproveite que está por aqui e entenda melhor o que ela é e qual sua importância para o negócio. Boa leitura!

%d blogueiros gostam disto: